O Planejamento no Scrum

Olá, seja muito bem-vindo.

Hoje falaremos sobre o planejamento no Scrum.

Dentre as justificativas citadas por profissionais que não são adeptos ao Scrum, podemos destacar que, segundo eles, não existe planejamento ao utilizar este framework. Dessa forma, o produto vai sendo desenvolvido sem o conhecimento de onde se pretende chegar.

Porém, a afirmação é falsa. Muitos chegam a essa conclusão porque o Guia Scrum fornece apenas algumas diretrizes e regras, mas não nos orienta sobre como implementá-las.

O guia Scrum nos informa que o Dono do Produto possui responsabilidades, dentre as quais podemos salientar que ele é o responsável por gerenciar o Backlog do Produto, maximizar o valor do produto resultante do trabalho do Time de Desenvolvimento e informar o que deve ser feito a seguir. Ou seja, o Dono do Produto deve planejar o trabalho a ser executado, uma vez que nenhuma empresa irá investir recursos sem antes possuir ao menos uma ideia sobre o que será desenvolvido, quanto será gasto e quando o produto estará disponível.

Contudo, grande parte dos profissionais não sabe como é realizado esse planejamento, pois é comum que eles se preparem apenas para obter as certificações mais básicas, focadas no papel de Scrum Master. Existem também as pessoas que realizam somente a leitura do Guia Scrum e, dessa forma, conhecem apenas o básico sobre o framework. Usualmente o profissional costuma aprender sobre planejamento no Scrum quando está se preparando para a obtenção de uma certificação voltada ao papel do Dono do Produto como, por exemplo, a Professional Scrum Product Owner Nível I (PSPO-I).

A principal diferença do planejamento ágil em relação ao tradicional consiste em que, no ágil, todos estão cientes que o plano é apenas uma previsão e, dessa forma, está sujeito a mudanças. Devemos considerar também que o plano é atualizado frequentemente.

Vamos agora realizar uma breve introdução sobre como funciona o planejamento no Scrum.

O planejamento inicia-se definindo a visão do produto, que irá conter todas as informações utilizadas para demonstrar o motivo pelo qual o produto deve existir. Geralmente, a visão de um produto contém:

  • O seu público-alvo.
  • As necessidades que devem ser atendidas.
  • O valor que o produto irá propiciar à empresa ou aos clientes.

Uma vez definida a visão do produto, todo o Time Scrum deve levá-la em consideração durante o seu desenvolvimento.

Posteriormente, pode ser definido o Roadmap do Produto, que consiste em um roteiro que irá nos orientar sobre o que deverá ser realizado ao longo do tempo, onde será identificado(a):

  • A estratégia a ser seguida para o desenvolvimento do produto.
  • Como procederemos a fim de entregar valor antecipadamente.
  • Uma previsão do que será entregue em cada versão.

Vamos exemplificar: O produto XYZ será desenvolvido no período de um ano, com a estratégia de liberação de uma nova versão do produto a cada três meses. As entregas irão ocorrer na última semana dos meses de março, junho, setembro e dezembro. Ademais, o Roadmap do Produto XYZ pode conter uma previsão macro do que será entregue em cada versão e comumente é apresentado em um formato visual.

O Dono do Produto inicia a elaboração do Backlog do Produto, baseando-se na visão do produto. Após à elaboração dos itens do Backlog do Produto conhecidos até o momento, deve ser realizada uma estimativa prévia desses itens.

Lembre-se: Os itens do topo do Backlog do Produto estarão mais detalhados do que os itens mais abaixo, o que significa que a precisão das estimativas dos primeiros itens será muito maior em relação aos itens que estão no final do Backlog.

Após à definição do Roadmap do Produto, inicia-se o planejamento das Releases, que é o momento onde iremos planejar os itens do Backlog do Produto a serem entregues em cada versão do Produto.

Continuando o exemplo anterior, foi definido pelo Time Scrum que o projeto XYZ será composto por Sprints de 30 dias. Dessa forma, como cada release terá 3 meses de duração, ela será composta por 3 Sprints. Nesse momento o Dono do Produto planeja o que é previsto ser entregue em cada Sprint e, consequentemente, o que será entregue em cada versão do produto (Release). Essa previsão é possível, pois o Time de Desenvolvimento elaborou uma estimativa macro de todos os itens do Backlog do Produto e, além disso, o Dono do Produto baseia-se na velocidade do Time de Desenvolvimento para ter uma noção da quantidade de itens a serem desenvolvidos em cada Sprint.

Visão do Produto, Roadmap do Produto e Planejamento da Release.

Agora que possuímos a visão do produto, definimos o roadmap e planejamos as liberações (releases), será que finalizamos o planejamento? A resposta é não.

Em seguida, a cada iteração, é realizado o planejamento da Sprint, que é o momento onde o Time Scrum se reúne para planejar o que irá desenvolver na Sprint. Nesse instante, os itens do topo do Backlog do Produto estarão mais detalhados e, consequentemente, a previsão do que será entregue ao final da Sprint estará mais precisa.

Além disso, como estamos desenvolvendo um produto complexo em um ambiente empírico, tenha em mente que existem grandes chances de que, nesse momento, ocorram modificações nos itens do backlog previstos para a Sprint. Sendo assim, durante o planejamento de cada Sprint, o Dono do Produto deve revisar o planejamento da Release.

Para finalizar, durante a execução da Sprint, os membros do Time de Desenvolvimento se reúnem diariamente em um evento conhecido como Reunião Diária, que é o momento onde eles planejam o que será realizado nas próximas 24 horas e inspecionam o progresso em direção ao objetivo da Sprint.

Todos esses níveis de planejamento são conhecidos como Planning Onion, uma vez que, ao observar a imagem abaixo, você perceberá que o planejamento se assemelha às camadas de uma cebola.

Planning Onion.

Conforme podemos constatar, ao contrário do que muitos dizem, quando utilizamos o Scrum, é realizado muito planejamento.

Caso tenha interesse em obter um maior conhecimento sobre esse assunto, recomendo a leitura do seguinte livro:

Por favor, caso tenha gostado, solicito que compartilhe o artigo com seus contatos.

Muito obrigado,

William Lauer Junior.

Cadastre-se agora mesmo e ganhe um treinamento gratuito!

Manifesto Ágil e Principais Certificações em Scrum

Em alguns instantes você receberá um e-mail com o link para acessar o treinamento. Nunca iremos divulgar o seu endereço de e-mail.